segunda-feira, novembro 27, 2006

Os combates das amazonas do vinagre, o musical

Como resistir a estas esbeltas e longilíneas patas? À graciosidade destes tarsos delicados, terminados em elegantes garras? Aos sedosos e longos pêlos? Quem não se perderia no vermelho destes olhos, incandescentes como brasas? Não fora o mau feitio e esta Drosophila melanogaster seria a imagem da perfeição. Parece-me assim estranho que a minha incursão pela violência e pelo macabro na contribuição anterior, tendo como protagonistas as moscas do vinagre, não tenha surtido o efeito desejado. O número de visitas não disparou, muito pelo contrário. Ao procurar mais informação sobre os tais combates, encontrei aquela que me parece ser a explicação: falta a banda sonora. Essa é uma falha imperdoável, que tinha que corrigir. Aqueles com uma ligação de banda larga podem ver aqui o filme (26Mbytes) com acompanhamento musical do confronto entre fêmeas, cortesia do Kravitz Lab da Harvard Medical School.

Ficha técnica
Imagem de Drosophila melanogaster cortesia de André Karwath, retirada da Wikimedia Commons.

3 comentários:

Jorge disse...

Os contadores de acessos podem ser enganadores. Basta ver o meu exemplo: leitor fiel, sigo o blogue via RSS e raramente passo pelo blogue principal, saltando directamente para os auxiliares para ler os artigos inteiros lá publicados. Se o contador só conta os acessos ao blogue principal, praticamente todas as minhas visitas passam por baixo do radar.

Quanto à _Drosophila_, sempre é melhor que a mosca da fruta, essa praga!...

Caio de Gaia disse...

Eu tenho contadores em todas as páginas. A queda nas "audiências" acontece sempre que estou uns tempos sem falar de astronomia. Lá terei que desencantar qualquer coisa, há duas semanas que não coloco nada.

João Carlos disse...

Estás a reclamar do que? Teu blog anda mesmo "às moscas"...