sexta-feira, outubro 13, 2006

Dia da família numerosa

Todos os dias se celebra alguma coisa, nalgum lugar do mundo. Alguns países dedicam no entanto dias a coisas que à primeira vista causam estranheza. Os habitantes do Canadá escolheram uma família de insectos para "honrar" nesta data. Ainda por cima não se trata de insectos nobres como a abelha ou o bicho-da-seda: hoje no Canadá é o dia do gorgulho (caruncho). Isso mesmo, aqueles insectos "narigudos" que aparecem, volta e meia, no arroz ou cereais mal fechados e esquecidos durante algum tempo. Os gorgulhos partencem à família de insectos chamada Curculionidae que tem para cima de 40,000 espécies identificadas. Para situar bem este número, deve notar-se que foram descritas qualquer coisa como 5,500 espécies de mamíferos. Afinal talvez os gorgulhos mereçam algum reconhecimento. [... ler mais]

Dada a importância dos curculionídeos no que se refere ao número de espécies, resolvi por isso associar-me à data e colocar no Cais de Gaia esta imagem de dois Rhopalapion longirostre atarefados na tarefa que assegura a perpetuação da espécie.


Descobri o tal feriado do Canadá no blog Rigor Vitae: Life Unyielding, de Carel Brest van Kempen, que se define assim:

Um biólogo falhado com habilitações para ser um varredor de ruas, porta-voz da NASA, ou artista da vida selvagem. Decidiu-se pela terceira opção.

Uma ilustração de um gorgulho, da sua autoria, pode ser vista na contribuição em que discute o tal dia do gorgulho no Canadá. Vale bem a pena uma visita. Bom dia do gorgulho para todos!

Já gora, em certas zonas de Portugal os gorgulhos também são chamados carunchos e não sei qual dos termos vingou no Brasil, ou se um outro termo qualquer é utilizado. A mão cheia de leitores brasileiros que passam por aqui, quase todos daquela que deve ser uma cidade magnífica, Curitiba no Paraná, que tenho que visitar um dia destes, talvez me possam informar.

Adenda. (16 Outubro 2006). Em mais um exemplo a juntar às muitas razões pelas quais não se deve acreditar em tudo o que se lê na internet, Carel Brest van Kempen confessa, nos comentários, que afinal o tal "feriado nacional" só é celebrado por uns quantos dos seus amigos.

Ficha técnica
Imagem de Rhopalapion longirostre cortesia de Jean-Jacques MILAN nesta página da Wikimedia Commons.

2 comentários:

Bruno H disse...

Até onde eu sei, é caruncho aqui no novo mundo :)

Caio de Gaia disse...

Obrigado Bruno, já coloquei um parêntesis no texto.